Dicas e Curiosidades

Você sabia que…

★-Ovo cozido ou ovo mole =contra queda da visão e demência cerebral;

★-Coco está cheio de “copra”, ácido láurico: Tomar Água de coco e utilizar Óleo de coco pra fritar previne Alzheimer e Parkson;

★-Chá verde tem galato que é anti câncer e anti envelhecimento, mas tem que fazer a partir da erva;

★-Suco de caixinha Del Valle e outros só tem açúcar água e produtos artificiais, muito, mais nada;

★-Óleo de oliva, excelente para função cerebral mas estando no vidro escuro, se for na lata tem metais pesados fazendo mal a saúde;

★-Substituir o óleo de cozinha vegetal por banha de porco evita o enfarte. Nunca reutilize o óleo de cozinha, a banha pode ser reutilizada 50 vezes só faz bem. Aprendemos errado;

★-Curry é super anti inflamatório e anti depressivo (curcuma ou açafrão) ;

★- *Magnésio* é o rei dos minerais, ele participa de mais de 300 reações químicas no corpo, anti-arritmia, também anti-depressivo;

★-Selênio evita HIPOTIROIDISMO,
Iodo pra combater intoxicação agrotóxicos;

★-Magnésio e Vitamina D3 fixam o Cálcio no osso. Sem eles ocorre a calcificação das artérias;

★-Vitamina D3 previne câncer e acelera o crescimento da criança e adolescente, é considerado um hormônio;

★-Vitamina A aumenta a visão noturna, melhora a capacidade de aprendizado;

★-Omega 3 não pode ter cheiro de peixe, senão está oxidado; e não pode a cápsula congelar no freezer após 5 horas, se congelar é falsificado.
O Omega 3 bom é caro e importado do Canadá ou hemisfério norte.
Previne Alzheimer, Mal de Parkson, aumenta em até 15 anos de sobrevida. Evita o infante do miocárdio;

★-Panela tem que ser de louça que não deixa resíduo de ferro ou alumínio.
Muito ferro pra mulher é excelente, já para o homem causa ferritina que é causa ataque cardíaco.

★-Rapé tira o vício de fumar;

★-Tintura de iodo a 2%: utilizar 5 ml por litro d’água e tampar por 1 hora retira o agrotóxicos e o alimento fica igual ao orgânico;

★-Ácido Oxalacético aumenta seu tempo de vida em anos, porque alimenta sua mitocondria diretamente, encontrado no orégano somente nele;

★-O leite de vaca em caixa não serve para nada e ainda provoca câncer de próstata ou mama;

★-Café é muito bom, estimula o cérebro e o raciocínio, aumenta a disposição, dilata os vasos e cria calor no corpo consumindo calorias, ele é termogênico. Detalhe, adoce-o com stevia;

★-Stevita só é o único adoçante que pode ser usado, depois o açúcar mascavo.

AHAs- Alfa Hidroxiácidos- Os amigos da nossa pele!

Os alfa-hidroxiácidos são ácidos carboxílicos, formados a partir de aminoácidos e são utilizados na cosmiatria desempenhando ações benéficas na pele. Produzem efeitos sobre a epiderme, camada córnea, papila dérmica e folículo pilossebáceo. São encontrados na natureza, em plantas, animais e microorganismos, alguns são produtos de metabólitos no metabolismo de carboidratos, como o ácido cítrico e málico.

É indicado como amaciante, hidratante e esfoliante; hidratante em baixas concentrações (até 5%) dão flexibilidade à pele; em altas concentrações, são irritantes, peeling. Usados para tratar acne, envelhecimento cutâneo, hipercromia, estria.

Informações sobre alguns alfa-hidroxiácidos importantes para a estética:
Ácido glicólico: Derivado da cana de açúcar, altamente solúvel em água, dos ácidos é o que tem o menor peso molecular. Estimula a produção de colágeno. A utilização em em peles escuras deve ser evitado, e sempre associado ao uso do filtro solar.
Ácido lático: Obtido pela fermentação da lactose. Vem sendo utilizado para rejuvenescimento e tratamento de hipercromia, além de ter funções como hidratante, regulador do pH, umectante, agente bacteriostático, renovador celular.
Ácido málico: É extraído de frutas como maçã, pera e as cítricias. Possui ações antioxidante, hidratante, esfoliante. Principal aplicação: antirrugas e anti-acne.
Ácido tartárico: Extraído da uva, é antioxidante, regenerador, clareador e queratolítico.
Ácido cítrico: Pode ser obtido de frutas ácidas como laranja, limão, tangerina. É despigmentante, renovador celular e antioxidante.
Ácido mandélico: Extraído de amêndoas amargas. Utilizado para hipercromia, agindo na inibição da síntese de melanina e na melanina já depositada; rejuvenescimento. É considerado o alfa- hidroxiácido de maior peso molecular, com absorção lenta da pele, favorecendo um efeito uniforme e é indicado para peles sensíveis. Possui também ações antiinflamatória, antisséptica, hidratante, regenerador da epiderme, esfoliante, queratolítico e antienvelhecimento.

Apesar dos produtos com AHAs serem bem tolerados, em peles sensíveis pode provocar reações adversas, a eritema é o mais comum.

Sua Beleza de A a Z – Letra O

Omega 3: Os ácidos graxos instaurados são substâncias que compõe a parte interna do nosso cérebro. O sistema límbico. Eles constituem mais de 80% desta zona cerebral e estão presentes também a 75% nas membranas celulares da nossa pele. Os ácidos graxos insaturadas são chamadas de “essenciais”  porque o nosso organismo não pode sintetizá-los. É preciso que sejam trazidos ou através da nossa alimentação ou em forma de complementos alimentares ou com ajuda de produtos cosméticos. As principais fontes de ácidos graxos essenciais são os óleos de peixe ou certos óleos vegetais, como o de Colza e de linhaça. Eles são chamados de Omega 3 ou de Omega 6. Suas ações muito importantes e responsáveis pela hidratação do tecido cutâneo restaurando o filme hidrolítico da pele. A carência de Omega 3 pode trazer problemas de comunicação entre células cutâneas que perdem sua eficácia e levam a reação tais como:

  • envelhecimento
  • baixa nas defesas imunitárias
  • perda de cabelos
  • coceira
  • vermelhidão
  • desidratação

omega-3-em-capsulas

Trazer a pele uma quantidade suficiente de Omega 3 é dar uma segunda juventude nos tecidos cutâneos. Aumentando a coesão celular, restaurando as membranas celulares haverá uma melhor comunicação e um aumento do crescimento celular , restaurar a função de barreira diminuindo a perda de água da epiderme por incorporação dos ácidos graxos insaturado Omega 3, hidratar e nutrir a pele naturalmente por maio da utilização de componentes vegetais e dar viço e juventude a nossa epiderme.

Óleos essenciais de pimenta preta, canela e Cravo: Benefícios: estimulante potente, vasodilatador, antisséptico, tônico, anti-inflamatório, desintoxicante e vaso protetor. Melhora as dores musculares e a resistência física.

Óleo essencial de Melaleuca: Origem: Austrália. Óleo essencial extraído das folhas da Malaleuca alternifólia que eram usadas pelos aborígenes nativos, para aliviar coceiras, cicatrizar ferimentos, e repelir insetos conhecida como Tea Tree. Terpinen-4-ol é o principal componente germicida. A atividade máxima é alcançada aproximadamente a 37% de concentração no óleo. O p-Cimeno é um indicador de oxidação. O Óleo de Melaleuca Grau Farmacêutico é indicado para aplicação dérmica e deve conter no máximo 3% de p-Cimeno. Indicação: Para tratamento de peles oleosas e acneicas. Benefícios: Poderoso antisséptico, cicatrizante, analgésico, fungicida, e bactericida, regenerador, estimulante metabólico, desinfetante, imunoestimulante.

Óleo essencial de Tomilho: poderoso antisséptico, estimulante, refrescante, antibiótico, analgésico, fungicida, e bactericida.

Óleo essencial de Cravo: Analgésico, Antisséptico, fortalecedor. Eficaz no tratamento de unhas quebradiças, rachadas ou fracas.

Até a próxima!!

Peixe

Estudos mostram que a ingestão de peixes regularmente tem efeito favorável para a saúde por causa da presença de ácidos graxos polinsaturados neste tipo de alimento. Existe há muitas décadas e hoje se tornou um alimento ainda mais estudado e sempre com ações funcionais importantes no corpo humano.

Com alto teor de ômega-3, a carne de peixe traz diversos benefícios ao organismo, mas sua atuação principal se dá no combate às doenças cardiovasculares, como trombose, alto índice de triglicerídeos e colesterol alto. Também já foram registrados seus efeitos benéficos no tratamento de doenças autoimunes, da doença de Crohn e hipertensão, bem como sua ação para amenizar desordens de pele, como a acne.

sarinha no pratoComo consumir no dia-a-dia: Atum, salmão, arenque e sardinha são peixes que apresentam ômega-3, ou seja, propriedades funcionais. Podem ser consumidos crus (como na culinária japonesa e peruana) assados (embrulhe um pedaço de peixe no papel alumínio e leve ao forno por 15 minutos), grelhados (na frigideira com pouca gordura sobre fogo médio) ou cozidos em água.

Do livro: Alimentos Super Poderosos. Ed. Alaúde

Creme de Abacate com Oleaginosas

Ingredientes:

5 colheres de sopa de abacate

1/2 xícara de chá de frutas vermelhas

1 colher (sopa) de mel

1 punhado de oleaginosas à sua escolha

Modo de Fazer: Bata todos os ingredientes no liquidificador até obter uma mistura homogênea. Coloque-a num recipiente para servir. Pique as oleaginosas e espalhe por cima. Leve à geladeira por 30 minutos antes de servir.

Oleaginosas

Amêndoa, castanha-do-Pará, castanha de caju, noz-pecã, macadâmia, e pistache são exemplos de oleaginosas.

Estes alimentos apresentam inúmeras propriedades nutricionais. São ricos em ácidos graxos insaturados (gordura boa) como ácido linoleico e ácido alfalinolênico e são pobres em gordura saturada, o que os torna uma opção de proteína vegetal, fibra, vitaminas, minerais e antioxidantes  como o resveratrol, o mesmo encontrado no vinho. Estudos mostram efeitos positivos na sensação da saciedade e no controle da glicemia, do colesterol e de doenças cardiovasculares.

Como Consumir no dia-a-dia: Normalmente são consumidos nos lanchinhos entre as refeições.

Do Livro: Alimentos Super Poderosos – Ed. Alaúde.

Mel

abelhaO mel é um líquido viscoso produzido por um tipo específico de abelha, as melíficas. Elas extraem o néctar das flores e guardam-no em uma bolsa interna, onde o mel sofrerá a ação de enzimas; depois disso, expelem o produto e o armazenam nos favos para servir de alimento para toda a colmeia.

Há diversos tipos de mel, classificados de acordo com a planta de onde o néctar foi retirado, por exemplo, flor de laranjeira, de flor de eucalipto e outros.

Há muito tempo se conhece suas propriedades benéficas, remontando no Antigo Egito e à Grécia Antiga, onde o mel era utilizado como alimento, remédio e em rituais sagrados.

O mel é rico em carboidratos (principalmente a frutose e glicose) e aminoácidos, além de polifenóis que o torna um ótimo antioxidante. Suas principais vitaminas e minerais são vitamina B2, B3, B5, B6 e C, potássio, cálcio, magnésio, selênio, ferro, manganês, cobre e ácido fólico. Possui ação anti-inflamatória e auxilia na saúde intestinal, pois aumenta a população de bactérias saudáveis que ajudam na digestão.

Como Consumir no dia-a-dia: Experimente tomar uma colher de mel puro por dia. Despeje sobre frutas, espalhe no pão e use para adoçar as receitas no lugar do açúcar refinado comum.

Do Livro: Alimentos Super Poderosos – Ed. Alaúde.

 

Mate

Não importa se é chamada de chimarrão, tererê ou mate, a bebida de gosto amargo consumida quente ou gelada de norte a sul do país é sempre feita a partir da mesma planta: a erva-mate, um fitoterápico de baixo custo facilmente encontrado em feiras e mercados do Brasil.

benendo cha

Os ativos encontrados na erva-mate, entre eles a cafeína e a teobromina, o tornam um excelente antioxidante e anti-inflamatório celular. Por ser um regulador do metabolismo, é indicado no combate à obesidade e possui efeitos positivos na redução dos níveis de colesterol, além de  ser protetor hepático e diurético.

Como consumir no dia-a-dia: Faça um chá, quente ou gelado, e procure tomar no máximo 2 xícaras por dia, intercalando entre as refeições. Não adoce com açúcar.

 

Manjericão

O manjericão é uma erva amplamente utilizada na culinária e também para os fins medicinais. É muito rica em fitoquímicos e possui ação tanto antisséptica como desintoxicante, ajudando o organismo a se restabelecer de todo tipo de infecção e queda de imunidade.

Como consumir no dia-a-dia: Essa erva pode ser consumida fresca ou desidratada, e pode até mesmo ser usada sobre a pele na forma de óleo essencial. Na cozinha, pode ser usada para “disfarçar” o sabor do tofu, em cremes e molhos, e também, como tempero em saladas, peixes, azeites, e molhos de tomate.

Do livro: Alimentos Super Poderosos – Ed. Alaúde

 

Maçã

Fruta de consumo muito antigo e fácil, com muitas propriedades benéficas à saúde já descobertas. Ela é objeto de muitos estudos científicos devido à sua enorme variedade de nutrientes.

A maçã é uma fruta rica em flavonoides, como o ácido elágico e a quercetina, e em antioxidantes que favorecem a proteção vascular tonificando as artérias e evitando a deposição de placas de gordura e má circulação. Ela ainda é rica em pectina, fibra solúvel que forma um gel no estômago, diminuindo a absorção de carboidrato e gordura, sendo interessante para que os níveis de açúcar se mantenham estáveis por mais tempo. Diversos estudos também mostram que a maçã possui em sua composição nutrientes como vitaminas do complexo B, C e E, potássio e fibras. Isso faz com que ela seja um alimento com possível propriedade funcional, pois tem propriedades que modificam a fisiologia celular, sou seja, trazem saúde.

Como Consumir no dia a dia: A fruta é uma ótima opção de lanche da manhã ou da tarde, quando bater aquela fome, no intervalo entre as refeições.

Purê de Maçã

Purê de Maçã

A maçã ganha ares sofisticados quando é assada com especiarias, como canela, cravo em pó, gengibre em pó, e um pouco de mel: basta picar a fruta (pode deixar a casca , que contém fibras boas para o organismo), misturar com as especiarias e colocar em um refratário. Cozinhe no micro-ondas por um minuto na potência alta; se preferir mais macia, deixe mais um minuto.

Maças também combinam muito bem com outras frutas (como laranja), em sucos ou com legumes (como a cenoura) em purês.

Do livro: Alimentos Super Poderosos – Ed. Alaúde